Após crítica feita por Marcílio Moraes, novelistas irão se reunir para debater a classificação indicativa com o MJ


As críticas feitas pelo novelista Marcílio Moraes, que questionou os critérios adotados na classificação indicativa dos programas de TV, repercutiram no Ministério da Justiça (MJ). De acordo com a coluna Outro Canal, após comparar a classificação à censura, o autor de “Ribeirão do Tempo” recebeu uma ligação do secretário nacional de Justiça, Pedro Abramovay, para prestar esclarecimentos

Moraes reafirmou sua posição contrária à classificação, porém propôs ao secretário a realização de um encontro entre vários novelistas e representantes do MJ para discutirem os critérios adotados. “Sempre fomos contra. O argumento é básico: ninguém tem mais interesse em não ferir o público que nós, autores. O poder do público é fatal. Ele pode decidir desligar a televisão”, diz o autor da Record.

Pedro Abramovay aceitou a sugestão do novelista e revelou que acredita que os critérios poderão ser reavaliados. “A chiadeira precisa ser um debate mais claro. Qual é o problema? Os critérios? Os critérios não são fechados, vamos debatê-los”, disse.

A reunião deverá contar com a participação de autores como Walcyr Carrasco, Sílvio de Abreu e Maria Adelaide Amaral, que fazem parte da Associação de Roteiristas de TV, Cinema e Outras Mídias, presidida por Marcílio Moraes

                                                                                                                               Fonte:natelinha

Deixe um comentário

Arquivado em televisão notícias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s