Reinaldo gottino dispara:formato feito pelo Tiago Leifert hoje nós já fazemos faz um tempo na SP Record


TVxTV: Primeiramente queremos agradecer pela entrevista e manifestar nossa admiração por seu trabalho. Gotino: Obrigado.
TVxTV: Vamos começar tratando do formato de seu programa. Fazer apresentação informal de um jornal a você parece mais fácil ou mais difícil que o modelo tradicional como o JN e o JR? Gotino: Para mim é mais fácil, gosto mais, ficar preso ao TP é muito mais difícil. Esse formato feito pelo Tiago Leifert hoje nós já fazemos faz um tempo com o SP Record.
TVxTV: Alguns jornalistas respeitados e tradicionais no país torcem o nariz para este tipo de jornal. Você se sente desrespeitado quando dizem que seu jornal explora a desgraça humana? Gotino: Não me sinto não. Faço o meu trabalho bem feito com notícias que são mostradas em jornais de outras emissoras. Preste atenção no Bom dia Brasil e JN e veja que não muda muito.
TVxTV: Aproveitando a pergunta anterior. Como saber qual a linha entre a informação e o sensacionalismo? Até onde um profissional pode ir, na ânsia de informar seu telespectador? Gotino: Nossa atenção é a mesma, não muda nada. Jornalismo é jornalismo nao importa a editoria. Checar as fontes, desenvolver uma pauta, falar a verdade. É por isso que estou no ar há dois anos e nunca fui processado.
TVxTV: Entre todas as reportagens que você assistiu em seu programa atual, qual a que te chamou mais a atenção? E a que mais te revoltou? Gotino: Tem várias, o SP Denuncia que eu venho fazendo me chama a atenção porque estar na rua é surpreendente. Outro dia eu me passei por entregador de flores e fiquei bobo como as senhoras abrem as portas quando se deparam com uma pessoa educada. Se fosse um ladrão, já era.
TVxTV: Qual o seu processo diário até iniciar o jornal? Você somente apresenta ou faz parte de toda a equipe de pauta? Gotino: Apresento, vou pra rua fazer reportagem e participo ajudando na escolha das matérias. Gosto de participar.
TVxTV: A Rede Record vem crescendo em diversas áreas no quesito audiência – e também caindo em outros. Em determinados dias do ano você foi o responsável pela maior audiência da casa. Qual a sensação de comandar um dos maiores sucessos da emissoras? Gotino: O jornalismo da Record é muito forte hoje. Fico feliz de fazer parte, de dar a minha contribuição para isso. Sou como um jogador de futebol, estou sempre pronto para entrar em campo e fazer o melhor pelo meu time.A Record tem me dado as grandes oportunidades da minha vida profissional.
TVxTV: Na questão de apresentação, você ainda é bem menos experiente que colegas como Celso de Freitas e Ana Paula Padrão. Há interação entre os profissionais de jornalismo da emissora ou sequer há tempo para troca de informações e experiências? Gotino: Sim muita interação, participo várias vezes ao longo do ano do JR sempre quando tem um fato importante eu entro com o helicoptero. A Ana é uma grande profissional e sempre conversamos, já o Celso é um parceiro desde a epoca da CBN. Nosso tema preferido é futebol.
TVxTV: Nós vemos pelo seu twitter que você ouve bastante música gospel. É evangélico? A religião influencia em sua vida na hora de tomar uma decisão de colocar determinada notícia no ar? Gotino: Sim sou, há muito tempo, praticamente nasci no evangelho. Não interfere nada minha convicção com o meu trabalho.
TVxTV: Qual a maior vantagem de se trabalhar na televisão? E a maior desvantagem? R: A televisão é o meio de comunicação preferido dos brasileiros. A vantagem são muitas, a desvantagem é que tudo passa e temos que estar preparados para isso.
TVxTV: Estamos na era dos ‘popstars’ da mídia. Jornalistas, repórteres e até diretores tornaram-se celebridades com a massificação de diversas mídias. Para você como é ter que lidar com o público e manter o distanciamento necessário para guardar sua credibilidade? Gotino: Hoje temos que redobrar a atenção, tudo que falamos pode se tornar uma bomba. Eu atendo todas as pessoas que falam comigo, tiro foto, eu estive na bienal do livro e já não aguentava mais, mas fiquei até o fim, mais de duas horas tirando foto com os alunos, dando autógrafo, porque se vou embora sem atender uma pessoa, já podem falar que sou mal educado, etc. Por isso tomo cuidado. rsrs
TVxTV: Com toda sinceridade. Existe censura de informação no Brasil? E as emissoras, proíbem algum tipo de informação nos telejornais? Gotino: Censura? Acho que não. E proibição, acho que não. O que existe são linhas editoriais e bom senso.
TVxTV: Em ano eleitoral o mundo jornalístico fica efervescente. A atenção para os telejornais quase se equipara ao da dramaturgia. É o melhor período para um profissional da área trabalhar? Gotino: Eu acho que a cobertura eleitoral tá um pouco esvaziada na tv porque tem muito horario politico além do horário eleitoral obrigatorio em dois periodos tem os spots que pingam na programação. Repare que o tempo dado pelos jornais está menor. Essa é uma leitura geral. O bicho pega mesmo mais em cima da hora

Deixe um comentário

Arquivado em televisão notícias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s